aprendi com a melhor!

bem forte ela me abraçou, bem demorada aquela cena, como se ela estivesse me pedindo desculpas, me desejando pêsames, sentindo muito por tudo. tudo está bem agora, eu disse, ainda enlaçada enquanto iniciava uma neblina matinal de março. afrouxou o laço e segurou meu rosto, em lágrimas, dizendo que eu era linda, uma menina forte, abençoada. agradeci, sorrindo, e justifiquei: aprendi com a melhor! está tudo bem, agora, repeti. saí para encontrar os meus sob um temporal anil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s